Ícone do LinkedIn Ícone do RSS Ícone do Lnk.Bio

29 Abr 2024 | 6 minutos • Livros

Minha relação atual com a leitura

O quanto ler está dentro da minha rotina

Ingrid Machado

Ingrid Machado

Engenheira de computação, especialista em engenharia de software. Autora deste querido blog.

Image de capa do post Minha relação atual com a leitura
Foto de Joyce Hankins, via Unsplash

Falo muito sobre deixar as redes sociais e procurar atividades offline. E nessa minha busca por viver o agora, acabei encontrando na leitura uma forma de diversão, aprendizado e distração muito mais poderosa do que poderia imaginar.

No post de hoje, quero compartilhar a minha jornada com a leitura. Principalmente porque assim evito ficar falando para todas as pessoas que encontro que elas deveriam ler. Apesar de sempre pensar que é um ótimo conselho.

Quando comecei a ler

A minha primeira lembrança com a leitura é na biblioteca da escola, lendo todo o acervo de quadrinhos da Turma da Mônica. Recebi alguns livros da escola em um programa de leitura e também lembro de guardar todos muito bem em casa e ler repetidas vezes.

Sinto que comecei a deixar de ler para me divertir assim entrei no ensino médio. E essa situação piorou na faculdade, já que precisava ler muitos livros técnicos. Por isso, chegou um momento em que deixei de considerar a leitura como uma atividade de lazer.

Como retomei a leitura

No início da quarentena, encontrei um clube do livro virtual. A primeira leitura foi o livro “Flores para Algernon”. Tive muitas dificuldades para conseguir acompanhar o ritmo e para absorver o que estava lendo. O que até me assustou um pouco, já que me considerava uma leitora na época, mesmo que só lendo emails e documentação técnica o dia inteiro.

Participar do clube do livro foi bem importante para a minha retomada. Assim como foi começar a consumir conteúdos que falassem sobre livros. Passei a ler sobre o assunto em blogs, perfis do Instagram e do Twitter. Me cerquei online de pessoas que gostavam de ler e fui cada vez mais influenciada a ver a leitura como um hobby e não uma obrigação.

O que gosto de ler

Hoje em dia, eu leio praticamente de tudo. Falando sobre livros de ficção, sempre tive uma preferência por romances. Mas assinar a TAG e a Intrínsecos me fez aprender a gostar de outros gêneros. Agora eu sinto que manter as escolhas apenas pelo gênero que eu prefiro é perder um mundo de livros que iria gostar de conhecer.

Dentre os livros de não ficção, busco principalmente aqueles que podem apoiar no meu trabalho e ajudar no meu desenvolvimento pessoal. Estou bem focada em ter uma boa rotina e existem muitos livros que falam sobre isso. Por isso, dou chance para vários. Passei a desistir de alguns que vejo que não fazem sentido dentro da minha realidade ou que não parecem ter informações tão confiáveis. Essa é uma postura que me ajuda a explorar bastante, sem me sentir presa em nenhum livro desconfortável.

Também estou lendo vários livros em inglês. Além de estar aprendendo sobre a minha área nesses livros, também sinto que venho melhorando o meu vocabulário. Acabo encontrando muitas palavras que não conheço e sempre paro para ler a definição.

Quando leio

Eu iniciei o hábito da leitura lendo antes de dormir. Mas agora eu leio assim que acordo, no horário do almoço, depois do trabalho e antes de dormir. No final de semana, é muito comum que eu passe a tarde inteira com um livro na mão.

Seguindo a dica do livro “O poder do hábito”, eu apenas troquei a rotina do meu hábito de ficar no celular. Eu fico no celular para ler novidades e ficar bem informada e me divertir. Se eu consigo encontrar livros que me trazem essa mesma recompensa, fica muito fácil trocar uma atividade pela outra.

Quais formatos eu leio

Não tenho nenhum apego por formatos específicos, apenas algumas preferências. Eu deixei de comprar muitos livros físicos porque estou ficando sem espaço em casa. Então, me comprometi a voltar com o ritmo de compras normal apenas após conseguir destinar os livros que estão parados para outras pessoas.

Gosto de ler os livros físicos da TAG porque considero que eles têm um tamanho muito bom. Alguns livros enormes que comprei no passado não teriam sido comprados se eu estivesse mais acostumada a ler. Dependendo do tamanho, já escolho a versão digital para não precisar lidar com o peso.

Dentro dos livros digitais, costumo ler em dois dispositivos: no Kindle e no celular. Eu tenho a assinatura do Kindle Unlimited e estou sempre acompanhando as promoções da Amazon. Mas, além do preço, também gosto muito da leveza do aparelho. Eu troquei o aparelho anterior para ter a iluminação da tela e imagino que vou passar uns bons anos com o meu Kindle atual.

No celular, eu leio livros no aplicativo da BibliON. Não é o meu formato preferido de leitura, mas o aplicativo tem uma biblioteca bem extensa e estou precisando economizar com a compra de livros. Inclusive, esse é um problema que nunca imaginei que teria, mas agora sei que é comum: eu não posso ver uma sinopse interessante que já vou direto comprar o livro. Estou me controlando e buscando mais fontes de leituras gratuitas, mas é realmente incômodo querer ter todos os livros do mundo e não ter espaço na estante nem para mais um.

Vantagens que tenho ao ler

Quando estou nesse ritmo de ler bastante e usando o celular apenas para o que é essencial, consigo perceber muitos benefícios. O principal é a mente menos acelerada. Ficar na timeline de qualquer rede social gera muitos estímulos, o que deixa a vida real um pouco chata.

Mas, quando estou lendo, sinto que o tempo passa de forma diferente. É mais fácil conversar com outras pessoas e prestar atenção no que elas estão dizendo e é mais fácil focar em uma atividade. Além disso, termino o dia com a sensação de que foi um dia bem vivido. No celular, já tive vários momentos em que o dia terminava e eu não tinha feito nada. Principalmente porque me distraía na tela e não sentia o tempo passar. Em um dia cheio de leitura, percebo quanto tempo tenho disponível e consigo fazer tudo o que planejei.

Porque eu acho que todo mundo deveria ler

Acho que esse é um sintoma comum de quem descobre um hábito bom. Viramos aquela pessoa que quer evangelizar os benefícios da prática. Mas como não quero virar a louca dos livros, uso o espaço do blog para essa divulgação. Assim, só escuta o conselho quem realmente está interessado no assunto.

Eu acho que todos deveriam ler porque é maravilhoso aprender algo novo, porque a vida é muito mais do que ficar se comparando com outras pessoas nas redes sociais, porque todos precisamos exercitar a nossa imaginação.

Eu poderia dar vários motivos, mas eu acho que cada pessoa vai descobrir qual vantagem ela tira de uma boa leitura. Pode ser difícil no início, mas é uma prática que vale a pena persistir e manter.

Outro motivo que lembrei agora: o livro não fica offline. No momento em que escrevo esse texto, estou sem internet em casa. Me lembro de quando a internet móvel era um pouco mais limitada e isso significava passar o dia ansiosa esperando a internet voltar. Se quando eu era mais jovem já tivesse o hábito da leitura, provavelmente esperaria pela volta da internet lendo algum livro interessante.


Todo mundo sabe quais são os hábitos saudáveis que deveríamos seguir para viver melhor. Eu já mencionei isso em outro post e acredito muito nisso. Porque eu mesma passei uma vida inteira sendo sedentária, sabendo de todas as práticas importantes e não seguindo nenhuma. Por isso, quero reforçar que você só vai saber se vai gostar de ler se pegar um livro para ler. Apenas saber que é uma boa atividade não vai mudar nada.

E pode ser que seja difícil no início, mas se a prática está de acordo com algum objetivo seu, vale a pena se esforçar um pouco mais. Depois vira um hábito natural, quase uma necessidade.

Se você tem uma relação com os livros que gostaria de compartilhar, a caixa de comentários está sempre aberta. Eu adoraria ler sobre a sua experiência.

Até a próxima!

O link do post foi copiado com sucesso!

Mais conteúdos de Ingrid Machado

Imagem de capa do post 1 ano de Clube do Livro para Introvertidos

24 Mai 2024 • Livros

1 ano de Clube do Livro para Introvertidos

Nesse mês o Clube do Livro para Introvertidos completa um ano. Para marcar esse momento, vou trazer alguns dados a respeito do clube nesse post, assim como costumo fazer com o aniversário do blog. ...

2 minutos

Imagem de capa do post E-book: Sobre gestão

22 Mar 2024 • Livros

E-book: Sobre gestão

Já fazem aproximadamente 4 anos que estou compartilhando as minhas experiências com a gestão de pessoas. Durante esse tempo, as minhas opiniões mudaram, aprendi mais a respeito da teoria de gestão ...

4 minutos

Imagem de capa do post Próxima leitura do clube do livro: Por que o tempo voa

15 Mar 2024 • Livros

Próxima leitura do clube do livro: Por que o tempo voa

Neste mês, iniciaremos a quarta leitura do Clube do Livro para Introvertidos. O livro escolhido foi o “Porque o tempo voa”. Gosto de livros que falam sobre temas muito explorados, com uma abordage...

1 minutos

linkedin icon
LINKEDIN
Twitter icon
TWITTER
RSS icon
RSS
Lnk.Bio icon
LNK.BIO

Ingrid Machado © 2019 - 2024

• Ingrid Machado © 2019 - 2024

• Layout por Victoria Facundes • Desenvolvido por Cristhian Rodrigues

VOLTAR AO TOPO

voltar para o topo