/ INSIGHTS

Checkpoint da lista de leitura 2021

Foto de Gülfer ERGİN, via Unsplash

No final de 2020 fiz uma lista de leitura, para tentar ler pelo menos 12 livros esse ano. Como eu já consegui passar dessa marca e sigo lendo no mesmo ritmo, decidi fazer esse post com a lista de todos os livros que li até agora.

Para ficar mais fácil, dividi a lista em duas categorias: ficção e não ficção.

Livros de ficção

Todo garoto tem – Meg Cabot

O livro é um chick lit bem gostoso de ler, só que eu achei um pouco corrido. Mas acho que fiquei com essa impressão porque li bem rápido e a história toda se passa num período bem curto. Ele tem uma estrutura dividida em um diário, anotações de um palmtop e trocas de emails. No final, gostei bastante, principalmente pelo alívio cômico muito bom, que me rendeu boas risadas.

Amazon

Os sete maridos de Evelyn Hugo - Taylor Jenkins Reid

Finalizei a leitura no finzinho de fevereiro. É um livro com uma sinopse que já me deixou bem curiosa para ler, mas que não me preparou o suficiente para a história que eu iria encontrar. Avaliei ele como 5 estrelas porque realmente terminei o livro com vontade de ler mais. A descrição das situações, o acompanhamento do passar dos anos, as revelações da história e, principalmente, a escrita leve para falar de assuntos tão complexos me deixaram extremamente envolvida na leitura.

Amazon

Quinze dias - Vitor Martins

O livro de março foi lido no início do mês. É uma leitura rápida e leve, mesmo falando de assuntos pesados em diversos momentos. Me vi emocionada com muitas passagens e recomendo para quem gosta de dramas adolescentes.

Amazon

Como eu era antes de você - Jojo Moyes

O livro de abril tem uma história que eu já conhecia, porque já tinha visto o filme. Mas, mesmo assim, a leitura valeu muito a pena. O livro tem muitas coisas que não são exibidas no filme e me senti muito envolvida na história desde a primeira página. Apesar de ser uma história com pano de fundo triste, também me rendeu boas risadas. Certamente lerei toda a trilogia.

Amazon

A revolução dos bichos - George Orwell

Fábula política que demorei tempo demais para ler. Apesar de sempre me recomendarem esse livro, acabava deixando para depois e, quando finalmente li, vi o quanto é engenhosa e instigante. Li a edição da Antofágica e gostei muito dos posfácios, que trazem um panorama geral da vida do George Orwell e do impacto e significado da obra.

Amazon

Frida Kahlo e as cores da vida – Caroline Bernard

O livro de janeiro da TAG foi um romance baseado na vida da Frida Kahlo. É uma leitura leve, apesar de falar de diversos problemas e angústias da vida da Frida. Achei um formato muito interessante e, além de pesquisar as obras conforme eram citadas no livro, descobri muitos aspectos da vida da Frida que não imaginava. Foi uma boa experiência literária e biográfica.

TAG | Amazon

Longo e claro rio – Liz Moore

Um livro que fala sobre duas irmãs com destinos bem diferentes: uma virou policial e a outra viciada em opioides. Com um desaparecimento e uma série de assassinatos como pontos principais da história e a epidemia de opioides na Filadélfia como pano de fundo, esse livro é um suspense envolvente que eu devorei em 4 dias. Ele foi o livro enviado pela TAG em fevereiro e me surpreendi muito com o quanto eu gostei dele.

TAG | Amazon

Eu não sei quem você é – Penny Hancock

O livro de março da TAG fala sobre um assunto extremamente polêmico e delicado que surge de forma inesperada, abalando a amizade de longa data de duas mulheres. É um livro que prende desde o início e que me deixou inquieta enquanto não cheguei ao final para ler o desfecho da história. Li ele em 3 dias, então posso dizer que fiquei viciada na história e agora estou em busca de mais livros com mistérios para desvendar a cada página.

TAG | Amazon

A garota que não se calou – Abi Daré

Livro de abril da TAG Inéditos que conta a história de uma adolescente que, mesmo em meio a várias adversidades, nunca deixou de acreditar no poder da educação. A tristeza que tomou conta de mim durante a leitura foi transformada em esperança, talvez até em maior proporção. É uma história pesada, mas que ao mesmo tempo te faz entender que nem tudo pode ser só tristeza.

TAG | Amazon

A troca - Beth O’Leary

Livro que li para o encontro do clube do livro Saia da Rotina. Foi um livro muito fácil de ler e que me despertou muitas emoções: ri, chorei, me surpreendi e me vi torcendo pelas personagens a cada capítulo. Os capítulos são divididos entre as duas protagonistas, neta e avó, e acompanhar a mesma história a partir do ponto de vista de uma mulher jovem e bem-sucedida e de uma mulher idosa e bem resolvida deixou tudo mais interessante.

Amazon

Os delírios de consumo de Becky Bloom - Sophie Kinsella

Ganhei esse livro no sorteio do clube do livro Saia da Rotina e não me lembro de ter rido tanto lendo como ri com ele. É uma leitura leve e que eu me identifiquei em várias situações que, apesar de serem exageradas, poderiam ter acontecido facilmente na vida real. Recomendo muito para quem gosta de chick lit.

Amazon

Um novo coração – Sylvia Day

Incluí na minha lista de leituras por ser de uma autora best-seller do New York Times e me arrependi. Fiquei desconfortável durante toda a leitura e quando terminou até achei ok a justificativa para algumas situações. Procurando algumas avaliações, vi que é um livro que você ama ou odeia mas, apesar de não ter odiado, com certeza não amei.

Amazon

Pessoas normais – Sally Rooney

Um livro que eu demorei a pegar o ritmo, principalmente porque o texto possui diálogos no mesmo parágrafo. Mas, depois de me acostumar com o estilo, foi uma leitura interessante. Apesar de representar um relacionamento bem problemático, gostei da leitura.

Amazon

Livros de não ficção

Comece pelo porquê – Simon Sinek

Gostei bastante do livro, apesar de achar algumas partes repetitivas. A mensagem de encontrar um propósito é muito interessante e os vários exemplos tornam a leitura bem fácil. Foi o primeiro livro de não ficção que li esse ano, junto ao clube do livro das Mulheres de Produto.

Post | Amazon

Hooked – Nir Eyal

Também finalizei a leitura dele no final de fevereiro e falo das minhas impressões em um post no blog. Mas já deixo um spoiler: leia se você trabalha com o desenvolvimento de produtos. Leitura de fevereiro do clube do livro das Mulheres de Produto.

Post | Amazon

Como as mulheres chegam ao topo – Sally Helgesen e Marshall Gosdsmith

Esse livro pegou a minha carreira e esfregou na minha cara. Se não ficou claro, isso é um elogio. É uma leitura muito rica, cheia de dicas práticas, que com certeza vou usar para definir os meus próximos passos no trabalho. Se você está iniciando no mercado de trabalho ou precisa rever a sua trajetória, leia esse livro. Livro de março do clube do livro das Mulheres de Produto.

Amazon

Inspirado - Marty Cagan

Livro obrigatório para quem pretende trabalhar na área de produtos. Se você já tem experiência, a leitura ainda é válida, porque o livro apresenta todos os conceitos de produtos de forma organizada e muito lógica. Ao terminar a leitura, senti que tinha terminado um curso. Escrito para gerentes de produtos, é um material que mostra o caminho da transformação cultural tão invejada em empresas como Amazon e Netflix. Leitura de abril do clube do livro das Mulheres de Produto.

Amazon

A regra é não ter regras – Reed Hastings e Erin Meyer

O livro do CEO da Netflix inspirou a Trilha de Valor #3: Liberdade com responsabilidade. Ele apresenta uma cultura muito diferente do que estou acostumada e confesso que no início do livro achei as práticas muito agressivas. Porém, ao concluir a leitura, entendi toda a jornada percorrida antes da Netflix chegar onde está hoje e posso dizer que vale a pena conhecer esse exemplo de gestão. Foi a leitura de maio do clube do livro das Mulheres de Produto.

Amazon

Storytelling com dados: Um guia sobre visualização de dados para profissionais de negócios - Cole Nussbaumer Knaflic

A leitura de junho do clube do livro das Mulheres de Produto foi bem interessante. O livro me mostrou que não exponho os meus dados da melhor forma e foi bem fácil de entender o processo de design pelos exemplos. A sensação que fiquei ao final da leitura foi de ter feito um curso bem completo sobre o assunto.

Amazon


Caso queira acompanhar como anda a minha lista quinzenalmente, eu sempre envio as minhas impressões a respeito das últimas leituras na Trilha de Valor.

Faltam mais 6 meses pra fechar o ano e ainda tenho muito mais pra ler. Tenho usado a leitura de forma terapêutica durante a pandemia e também escrevi sobre como retomei o hábito da leitura no post Cultivando o hábito da leitura. Espero que as dicas te ajudem, caso também tenhas interesse em ler mais.

Até a próxima!



ingridmachado

Ingrid Machado

Engenheira de computação, especialista em engenharia de software.
Autora deste querido blog.

Mais posts