Ícone do LinkedIn Ícone do RSS Ícone do Lnk.Bio

01 Jan 2024 | 15 minutos • Livros

Checkpoint final da lista de leitura 2023

Lista dos livros lidos no segundo semestre desse ano

Ingrid Machado

Ingrid Machado

Engenheira de computação, especialista em engenharia de software. Autora deste querido blog.

Image de capa do post Checkpoint final da lista de leitura 2023
Foto de Hayffield L, via Unsplash

Em 2023 li diversos livros interessantes. Em parte, acredito que a lista de leitura que fiz ajudou bastante. Mas também li muitos livros bons a partir de indicações que recebi.

Além disso, também diversifiquei os formatos consumidos. Neste post, dividi os livros em ficção, não ficção, HQs e audiolivros. Assim, fica mais fácil acompanhar as leituras de acordo com o tipo.


Outra coisa que eu notei é que incluo a minha avaliação com estrelas para cada livro, mas acho que nunca deixei claro o que cada uma significa. Eu uso o aplicativo Cabeceira para acompanhar as leituras e uso a avaliação dele como base. Nessa avaliação, as estrelas têm os seguintes significados:


Com esses pontos esclarecidos, segue a parte final da minha lista de leitura de 2023:

Ficção

O inverno da bruxa - Katherine Arden

Terminei a trilogia com um sentimento de quero mais. A história é muito bem amarrada desde o primeiro livro e o folclore é muito interessante. Foi uma leitura viciante e indico para quem gosta de histórias que envolvem muito o mundo da fantasia.

A feiticeira de São Judas Tadeu dos Milagres - Isa Prospero

História bem curtinha e bem gostosa de ler. Peguei por acaso para ler em uma noite que estava com preguiça de iniciar uma história maior e valeu a pena.

O auto da maga Josefa - Paola Siviero

Muito influenciada pelo fim da trilogia Winternight, fui procurar um livro com fantasia para ler. E encontrei essa história de fantasia nacional, que envolve diversos folclores. O livro é ambientado no nordeste e é muito gostoso de ler. Recomendo muito.

O beijo do rio - Stefano Volp

Eu fiquei muito engajada lendo essa história e não estava nem um pouco preparada para o final. É um livro bom, mas é bem pesado. Por isso, não recomendo para quem não gosta de ler a respeito de temas mais polêmicos e sensíveis.

Vingadores ultimato: O anjo pirata, a árvore falante e o capitão guaxinim - Steve Behling

Esse livro se passa entre os acontecimentos de “Vingadores: Guerra Infinita” e “Vingadores: Ultimato”. É bem curtinho, mas mostra alguns detalhes bem interessantes da relação entre o Rocky e a equipe dos Guardiões da Galáxia. Algo que foi mais explorado no “Guardiões da Galáxia: Volume 3”.

Leitura de verão - Emily Henry

Romance com muitas histórias paralelas, bem gostosinho de ler. Só não achei melhor porque a protagonista insistia em interpretar o que o interesse amoroso dela estava pensando ao invés de simplesmente perguntar. Mas, pensando melhor, quem não faz isso, não é mesmo?

O clube do crime das quintas-feiras - Richard Osman

Apesar de ser um livro sobre crimes investigados por idosos em uma casa de repouso, é uma leitura muito agradável. São muitas situações interessantes e muitos suspeitos. Mesmo assim, a história fecha sem deixar nenhuma ponta solta. No fim, acho que gostei mais porque juntou muitos itens que eu gosto de encontrar em uma história de ficção.

O verão que mudou minha vida (Trilogia Verão vol. 1) - Jenny Han

Depois de assistir a segunda temporada da série “O verão que mudou minha vida” eu decidi que não conseguiria esperar a terceira temporada para saber como a história acaba. Por isso, comprei o box digital com os 3 livros da Trilogia Verão para conseguir matar a curiosidade. O primeiro livro foi uma leitura bem rápida e com uma história muito mais simples do que a apresentada na série. É uma história leve, que fala sobre amadurecimento e acontecimentos que mudam a nossa vida. Gostei muito desse livro, principalmente por conseguir comparar o que tinha de diferente da série.

Sem você não é verão (Trilogia Verão vol. 2) - Jenny Han

Assim como no primeiro livro da trilogia, esse livro também tem uma história curta e mais simples do que a história apresentada na série. O que não é nenhum demérito. Considerei uma história gostosa de ler e, mesmo com muitos acontecimentos tristes, a leitura não é pesada. É um bom entretenimento.

Sempre teremos o verão (Trilogia Verão vol. 3) - Jenny Han

Este livro tem a história que ainda não foi apresentada na série. Eu só não terminei a leitura mais revoltada porque eu fiquei me lembrando a todo momento que eu estava lendo um livro com uma protagonista adolescente. Mas, no saldo total, posso dizer que foi uma boa trilogia e um ótimo entretenimento.

Cartas de Conrad para Belly: Uma história de Sempre teremos o verão - Jenny Han

Não contente em ler a trilogia, também li esse livro bem curtinho com um conteúdo extra. Foi um bom fechamento para a história, que mostra o ponto de vista de um personagem que não foi tão explorado nos livros.

A rede de Alice - Kate Quinn

Me senti assistindo uma série de tão imersiva que foi a experiência de ler esse livro. A história se passa em duas linhas do tempo diferentes. Conforme cada uma dessas linhas avança, vamos entendendo melhor as consequências da guerra para quem viveu ela de forma direta ou indireta. Muito viciante e me deixou um pouco arrependida de ter lido tão rápido. Gostei até a última página.

Alguém que você conhece - Shari Lapena

Eu praticamente deixei de fazer muitas coisas no meu final de semana só para conseguir saber o final desse livro. Achei muito envolvente e estava com dificuldade de terminar um capítulo e deixar o resto para ler depois. Ultimamente, tenho gostado muito de ler livros policiais e esse foi mais um bom envio da TAG.

Tudo é rio - Carla Madeira

Essa foi uma leitura muito impactante. Eu comprei depois de ver algumas recomendações, mas não estava preparada para uma história tão forte. É um bom livro, mas precisei fazer algumas pausas para conseguir absorver o que estava lendo. Bateu uma tristeza pelos acontecimentos e também pelo que poderia ter acontecido.

Um homem chamado Ove - Fredrik Backman

Eu comecei a ler sem esperar muito do livro e terminei literalmente em lágrimas. Tenho que admitir que livros com protagonistas idosos pegam no meu ponto fraco. Por mais que a sinopse venda um livro sobre um velho rabugento, ele é sobre muito mais do que isso. É sobre como uma comunidade pode fazer a diferença nas nossas vidas e sobre muitas outras coisas. Ótima leitura.

Um caminho para a liberdade - Jojo Moyes

Eu adorei esse livro. É daqueles que a gente lê querendo que não acabe. A história de fundo é inspirada no Pack Horse Library Project, um projeto que distribuía livros para a população rural. Além de falar sobre a transformação que a leitura pode causar, a história também fala da força da mulher em uma época em que não tinham voz. Eu me emocionei e torci por várias personagens e senti raiva e nojo de vários outros. Foi um carrossel de emoções, mas valeu muito a pena. Vi que vai ter adaptação para os cinemas e estou ansiosa para assistir.

O casal que mora ao lado - Shari Lapena

Após ler “Alguém que você conhece”, eu fui atrás dos outros livros da autora. Apesar de achar o início um pouco desinteressante, rapidamente me viciei na história e gostei de ler a forma que a história se desenrola. Mesmo não achando que esse é o melhor livro de investigação, foi uma leitura rápida e cheia de reviravoltas e tensão. Foi mais um caso em que achei o final meio desnecessário, mas não acho que estraga o livro.

Orgulho e Preconceito - Jane Austen

Já tinha assistido ao filme e à série, mas o livro me conquistou e agora acho que nenhuma adaptação captura bem a história. Tinha medo de achar o texto muito rebuscado, mas é totalmente compreensível. Só exigiu uma leitura extra de alguns trechos para o entendimento total de algumas cenas.

Essa versão da Antofágica é muito bonita, com textos extras no início e no final do livro. Gostei bastante e me surpreendi com o quanto a leitura mudou a visão que eu tinha de alguns personagens.

Viúva de ferro - Xiran Jay Zhao

Eu adorei esse livro. A mistura entre cultura tradicional e ficção científica criou uma história impossível de parar de ler. E a forma como tudo acontece é indiscritível, só lendo mesmo para entender a minha animação com esse livro.

Escritores & amantes - Lily King

Acho que eu poderia ter gostado mais do livro de novembro se ele não fosse tão melancólico. Não é um livro ruim, mas ler ele me deixava meio desanimada. Mesmo depois de um dia muito bom. Talvez tenha sido erro meu manter ele como leitura antes de dormir. Em resumo, é uma história que prende e que nos faz pensar sobre todas as coisas que deram errado ou que poderiam ter dado errado na nossa própria vida.

O infame clube vitoriano das mulheres livres - Organizado por Karine Ribeiro e Valquíria Vlad

Eu precisei ler a sinopse novamente para confirmar que estava lendo um livro de ficção. Fiquei tão envolvida lendo e tão influenciada pelo conteúdo, que praticamente me deixei convencer da veracidade dos contos. É uma leitura rápida, muito interessante e com um tema que prende do início ao fim.

O abismo de Celina - Ariani Castelo

Nas minhas andanças pelo Twitter, vi o anúncio de que esse livro seria retirado da Amazon. Influenciada pela minha curiosidade e pelos comentários positivos, peguei o livro emprestado no Kindle Unlimited. E que livro bom de ler. Eu comecei achando a história legal, mas terminei totalmente envolvida e precisando da continuação. O legal é que o livro saiu da Amazon porque vai ser publicado pela Rocco, então ele vai estar disponível novamente em breve.

O rio e a raposa - Italo Oliveira

Gostei bastante de ler esse livro sobre a lenda da raposa de nove caudas. É bom ler histórias fantásticas de vez em quando para se distrair e ainda ganhar de quebra uma lição de moral.

Não é errado ser feliz - Linda Holmes

Esse é um daqueles romances com superação, vizinhos que sabem da vida dos outros e esportes. Achei uma leitura bem gostosinha e uma ótima distração. Já consigo imaginar ele sendo adaptado para um filme daqueles que são feitos direto para a TV.

Um conto gay de Natal - Felipe Fagundes

Esse é um conto com os personagens de “Gay de família”. É um conto bem ácido, mas que me emocionou bastante. Principalmente porque sou uma pessoa que gosta muito do Natal e ressignificou a data nos últimos anos. Vale muito a pena ler, mesmo já tendo passado o Natal.

Não ficção

Desenvolvimento ágil limpo - Robert C. Martin

Esse livro promete voltar às origens do ágil e entrega o que promete. Desde a criação do manifesto ágil, foram criados diversos frameworks, certificações e práticas que não refletem a intenção original. E esses foram alguns dos motivadores para a existência desse livro. O autor vai direto ao ponto e descreve exatamente o que é ser ágil, sem nenhuma perfumaria.

O único ponto negativo é que a edição em português tem alguns problemas de revisão que podem ser um pouco irritantes.

O poder dos quietos - Susan Cain

Essa foi a primeira leitura do clube do livro para introvertidos. Gostei muito do que foi apresentado e achei uma ótima fonte de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal. Ser introvertido não deveria ser algo negativo, mas sim apenas mais uma característica. Esse livro mostra o caminho para se chegar a essa conclusão.

Power to the Middle: Why Managers Hold the Keys to the Future of Work - Bill Schaninger, Bryan Hancock, Emily Field

Na minha busca por entender como que posso ampliar a minha atuação como Gerente de Engenharia, encontrei esse livro recém lançado da McKinsey. Ele fala sobre a média gestão e sobre como esse papel tão importante vem sendo revisitado pelas empresas. Além do panorama histórico, o livro apresenta o que deveria ser o papel da média gestão e como as lideranças seniores podem deixar esses gerentes fazerem bem o seu trabalho.

A velocidade da confiança: o elemento que faz toda a diferença - Stephen M. R. Covey

Como descrito pelo William, esse é um livro com boas dicas para quem quer ser uma pessoa decente. O autor fala sobre o quanto é importante ser uma pessoa confiável e confiar nos outros. O conteúdo mais importante, na minha opinião, é a descrição sobre como podemos nos tornar pessoas confiáveis, através das 5 ondulações da confiança. Recomendo para quem está precisando construir ou reforçar a sua reputação e credibilidade perante outras pessoas.

Resista: Não faça nada

A segunda leitura do Clube do Livro para Introvertidos foi bem interessante. Por mais que eu esperasse algo diferente do que ela entregou, sinto que fui totalmente contemplada por tudo o que foi apresentado. Depois de ler o livro, estou tentando prestar mais atenção ao meu entorno e percebi que realmente não vejo de verdade nada do que acontece à minha volta. Vou falar sobre alguns conceitos interessantes do livro na próxima edição da newsletter.

Mindfulness - HBR Emotional Intelligence Series

Estou lendo o HBR Emotional Intelligence Ultimate Boxed Set e esse é o primeiro livro do box. São textos publicados na Harvard Business Review que foram compilados em livros que reunem temas importantes para lideranças e gestores de pessoas. Gostei desse livro sobre mindfulness porque, além de falar sobre a prática em si, alguns trechos mostram as vantagens e os cuidados que precisamos ter ao incluir o mindfulness no dia a dia. É uma leitura rápida e bem direta ao ponto.

Essencialismo: A disciplinada busca por menos - Greg McKeown

Esse é um dos livros que eu mais vejo sendo recomendado para leitura na área de desenvolvimento pessoal. E depois de ter lido, concordo que é realmente um livro muito bom. O autor apresenta um guia de como entender o que é importante para nós e como viver focado nesse objetivo. Muitas dicas são bem difíceis de seguir, mas outras são um pouco mais fáceis porque envolvem reflexões e um entendimento do que não está dando certo.

Eu pretendo aplicar muito do que aprendi no livro e acredito que vai ser um trabalho constante. Coisas como aprender a dizer não e direcionar a atenção não vão ser feitas de uma hora para outra. Mas acredito que vale a pena o esforço, principalmente pelos resultados que espero ter na minha rotina.

O ano em que disse sim: Como dançar, ficar ao sol e ser a sua própria pessoa - Shonda Rhimes

Depois que li o Essencialismo, achei que seria interessante ler um livro que dá o conselho contrário e nos instiga a aceitar as oportunidades que vierem. Obviamente, essa minha impressão foi refutada porque a Shonda Rhimes aceitou mais oportunidades nos termos dela e não apenas se se atirou de cabeça em cada convite.

Demorei um pouco para engajar no livro, mas acabei com a sensação de que foi uma leitura necessária. Estou num momento em que quero organizar algumas coisas e é bom ver o exemplo de outras pessoas que expandiram os seus limites.

HQs

Angola Janga - Marcelo D’Salete

Uma HQ que conta a história de Zumbi dos Palmares. Não é um formato que estou muito acostumada a ler (a não ser pela Turma da Mônica), mas acredito que foi uma boa introdução para HQs mais sérias. Além da história, tem uma seção no final com várias informações sobre a época e um glossário explicando os termos utilizados. É um história revoltante, mas que não pode ser esquecida e esse autor parece ter muitas publicações com histórias que não deveriam ser esquecidas.

Audiobooks

A mulher em mim - Britney Spears

Aproveitei que a biografia da Britney Spears estava de graça no Audible e dei uma chance para ouvir o meu primeiro audiolivro. É uma experiência bem diferente, porque precisa focar bastante. A história é sobre alguém muito conhecido que passou por uma situação inimaginável. Então, acho que isso contribuiu para essa ser uma boa primeira experiência.

A versão da Britney Spears sobre tudo o que ela passou com a família é muito assustadora. E me fez ficar pensando no que o ser humano é capaz de fazer por dinheiro.

Mindhunter: O primeiro caçador de serial killers americano - John Douglas e Mark Olshaker

Meu segundo audiolivro foi sobre um tema que eu tenho um certo interesse, mas não sou corajosa o suficiente para procurar mais a respeito. O livro fala sobre como surgiu a análise de perfis de serial killers e como isso ajudou a resolver diversos casos.

Existem descrições bem gráficas sobre os crimes e não recomendo a leitura para pessoas mais sensíveis. Um caso interessante foi o de uma empresa farmacêutica alvo de uma fraude. Eu sempre li a respeito desse caso do ponto de vista da administração, então foi muito curioso saber como foi a investigação do ponto de vista do FBI.


O único livro que eu achei que leria esse ano e não concluí foi o de dezembro da minha lista de ficção. Mas já passei da metade e sei que vou concluir em janeiro. Não vejo isso como um grande problema, porque li bastante esse ano. E a lista de ficção tem que ser um guia, não uma obrigação.

Feliz ano novo e que 2024 seja um ano com mais leituras ótimas.

Até a próxima!

O link do post foi copiado com sucesso!

Mais conteúdos de Ingrid Machado

Imagem de capa do post Editoras presentes no BibliON

03 Jun 2024 • Livros

Editoras presentes no BibliON

Estou num momento de economia na compra de livros, principalmente livros físicos. E a cada dia que passa, vejo como o acervo do BibliON é muito completo e tem muitos livros que me interessam lá den...

7 minutos

Imagem de capa do post 1 ano de Clube do Livro para Introvertidos

24 Mai 2024 • Livros

1 ano de Clube do Livro para Introvertidos

Nesse mês o Clube do Livro para Introvertidos completa um ano. Para marcar esse momento, vou trazer alguns dados a respeito do clube nesse post, assim como costumo fazer com o aniversário do blog. ...

2 minutos

Imagem de capa do post Minha relação atual com a leitura

29 Abr 2024 • Livros

Minha relação atual com a leitura

Falo muito sobre deixar as redes sociais e procurar atividades offline. E nessa minha busca por viver o agora, acabei encontrando na leitura uma forma de diversão, aprendizado e distração muito mai...

6 minutos

linkedin icon
LINKEDIN
Twitter icon
TWITTER
RSS icon
RSS
Lnk.Bio icon
LNK.BIO

Ingrid Machado © 2019 - 2024

• Ingrid Machado © 2019 - 2024

• Layout por Victoria Facundes • Desenvolvido por Cristhian Rodrigues

VOLTAR AO TOPO

voltar para o topo