Ícone do LinkedIn Ícone do RSS Ícone do Lnk.Bio

17 Jul 2023 | 7 minutos • Livros

Minhas leituras de ficção preferidas

O que andei lendo e indico para todo mundo

Ingrid Machado

Ingrid Machado

Engenheira de computação, especialista em engenharia de software. Autora deste querido blog.

Image de capa do post Minhas leituras de ficção preferidas
Foto de Lesly Juarez, via Unsplash

Eu falo muito sobre livros de não ficção no blog. E só falo dos livros de ficção nas listas de leitura do ano e nos checkpoints de leitura. Mas eu leio muita ficção e existem livros que eu gostaria até de esquecer a história para poder ler pela primeira vez novamente. E foi esse critério que eu usei para montar essa lista: livros que eu me pego pensando na história do nada durante o dia.

Para esse post, eu escolhi 12 livros que entram nessa categoria. Muita coisa ficou de fora, mas não queria fazer um texto enorme. Espero que goste da seleção final.

Flores para Algernon - Daniel Keyes

O primeiro livro que eu li quando quis retomar o hábito da leitura é bem impactante. A sinopse já entrega que vamos ler uma história contada do ponto de vista do protagonista, que passa por uma cirurgia para aumentar o seu QI.

Acompanhar as mudanças na forma da escrita, nas experiências que ele vive e na forma que o mundo o enxerga é uma jornada impactante.

Eu pretendo reler ele agora que estou mais acostumada a ler um livro inteiro, mas recomendo para qualquer pessoa que queira ler um bom livro com uma história forte e tocante.

Um dia - David Nicholls

Nesse caso, eu primeiro vi o filme e depois li o livro. Como existia um bom intervalo entre uma atividade e outra, acabei reassistindo o filme em seguida da leitura.

A história é contada ano a ano, usando o dia 15 de julho para mostrar como os protagonistas estão vivendo. Como muita coisa pode mudar no período de um ano, é quase impossível prever como cada um estará vivendo a sua vida no capítulo seguinte. É uma estrutura de capítulos bem diferente e essa imprevisibilidade torna a experiência de leitura bem interessante.

É um bom livro sobre relacionamentos e sobre como a vida pode tomar caminhos diferentes do planejado.

Longo e claro rio - Liz Moore

A sinopse descreve o livro como a história de duas irmãs com destinos muito diferentes: uma policial e uma viciada em drogas. Só que apenas essa descrição é uma forma muito simplista de se ver as diferenças entre elas.

Acho que o que mais me impactou nesse livro foi a forma como consegui identificar paralelos entre o bairro descrito no livro e o bairro que morei da minha infância até o início da minha fase adulta. Vidas completamente mudadas por escolhas ruins ou por oportunidades bem aproveitadas são mostradas na história e isso reflete muito algumas realidades.

É uma leitura que indico para quem quer uma história em que ninguém tem uma vida perfeita.

O urso e o rouxinol - Katherine Arden

Uma fábula com a Rússia como pano de fundo, que fala de um folclore muito interessante e que eu nunca tinha ouvido falar. É o primeiro livro de uma trilogia e tem o início da leitura um pouco complicado. Principalmente porque a tradição russa tem uma forma de apelidar as pessoas muito diferente da nossa e, por isso, eu demorei um pouco para me acostumar.

Mas vale muito a pena. Eu fiquei totalmente imersa na história e tive momentos bem emocionantes lendo a trilogia.

Recomendo para quem gosta de histórias fantásticas e quer conhecer o folclore de uma cultura diferente da que estamos acostumados a consumir.

Gay de família - Felipe Fagundes

Uma história sobre um tio gay que precisa cuidar dos sobrinhos durante um final de semana. Talvez apenas a frase anterior tenha te convencido a ler, mas eu consigo descrever mais.

Eu li a versão inicial do livro e o link tem a nova edição, revista e ampliada. Mas a característica que mais me fez gostar do livro é o quanto as situações são engraçadas. Cada sobrinho tem uma personalidade diferente e a dinâmica entre todas os personagens é muito gostosa de ler.

Recomendo para quem gosta de leituras leves e que deixam o dia melhor a cada capítulo.

Circe - Madeline Miller

Esse é um livro com uma história que envolve mitologia, mas, na minha opinião, o foco é a força feminina. Existem muitas cenas impactantes e que me deixaram pensando a respeito semanas depois de ter terminado a leitura. Mas é um texto envolvente, difícil de deixar de lado e ler num ritmo tranquilo.

Eu recomendo esse livro para quem é interessado por mitologias e gosta de ler histórias paralelas e que se desdobram entre muitas referências conhecidas.

Água fresca para as flores - Valérie Perrin

Eu li uma sinopse muito resumida antes de iniciar a leitura, então não sabia muito bem o que esperar. E acredito que isso me ajudou a ter uma experiência muito boa com essa leitura.

O livro fala de uma mulher que trabalha num cemitério e leva uma vida muito simples. Mas a história dela vai muito além disso e vamos descobrindo detalhes do seu passado conforme o livro avança. Tudo apresentado de uma forma muito sensível e bem descrita.

Foi um livro que eu terminei e passei um bom tempo pensando a respeito do que eu li. Pensando sobre como a vida pode nos levar para caminhos inimagináveis a partir das ações de outras pessoas e sobre como não temos controle de boa parte da nossa vida.

Recomendo para quem gosta de histórias contemplativas e que falam sobre os rumos que a nossa vida pode tomar. Tem alguns trechos que considerei muito tristes, mas não me pareceu nada apelativo.

Não tão branca - Jessie Fauset

Uma história sobre colorismo e autoconhecimento. A protagonista vive em uma comunidade extremamente racista e se vê confrontada com dilemas morais que a fazem escolher entre as suas origens e uma vida mais digna.

É um livro com uma história contada de forma simples, mas com momentos cheios de complexidade. É muito difícil tomar um lado na história e conseguir julgar as escolhas da protagonista.

É uma boa leitura para quem deseja entender como que o racismo, que existe na nossa sociedade até hoje, pode afetar a vida das pessoas.

Os cem anos de Lenny e Margot - Marianne Cronin

Foi um livro que me fez rir, chorar e pensar na vida que quero ter quando ficar mais velha. Na verdade, me fez pensar o quanto sou grata pela vida que tenho desde agora. O livro apresenta uma relação muito bonita entre uma jovem e uma idosa e as diferenças entre quem já acumulou muitas experiências e quem ainda está vivendo as suas primeiras histórias.

Recomendo para quem gosta de livros com amizades improváveis e não se importa de chorar durante metade da leitura.

A camareira - Nita Prose

Uma camareira que não consegue interpretar interações sociais vira a testemunha de um crime. Gostei muito de ler o ponto de vista da protagonista sobre situações corriqueiras e que, teoricamente, parecem muito fáceis de compreender. A história é muito baseada nessa característica da protagonista e acho que funciona muito bem.

Acredito que quem gosta de ler sobre perfis excêntricos vai ter bons momentos lendo esse livro.

O livro dos anseios - Sue Monk Kidd

Eu tive um receio de achar esse livro um pouco desrespeitoso ou algo do tipo. Porque um livro que conta a história da mulher de Jesus Cristo tem o risco de ser um material apenas polêmico. Mas eu fui totalmente refutada e terminei a leitura totalmente maravilhada.

Eu fiquei muitas semanas pensando na história que eu li e sobre como o mundo desde sempre é injusto para as mulheres. Principalmente para as que possuem muitos anseios como a protagonista.

Recomendo esse livro para quem gosta de releituras históricas e personagens fortes.

A pequena loja de venenos - Sarah Penner

O livro conta a história do ponto de vista de três personagens que estão em duas épocas diferentes, mas que foram conectadas por um mesmo objeto. Ou talvez por um mesmo objetivo.

Por mais que não tenha gostado tanto assim do final, os desdobramentos e reviravoltas da história me deixaram muito empolgada com a leitura. É um livro bem envolvente e que tem uma mensagem muito legal embutida.

Recomendo para quem gosta de personagens fortes e de histórias com exemplos de empoderamento.


Caso queira acompanhar as minhas leituras e o que recomendo, inscreva-se na minha newsletter, a Trilha de Valor. Eu tenho uma seção praticamente fixa para compartilhar o que li nos últimos quinze dias. Sempre com comentários curtos sobre o que eu achei da leitura.

Também publico essa mesma lista de leitura compilada duas vezes por ano, no que chamo de checkpoints de leitura. Para mais conteúdos desse tipo, é só acessar a categoria de livros do blog.

Eu estou incluindo os livros que indico na minha lista da BibliOn. Caso você não conheça, é o aplicativo da biblioteca do estado de São Paulo. Que é uma boa opção para ler sem custo.

Espero que essa lista tenha sido útil.

Até a próxima!

O link do post foi copiado com sucesso!

Mais conteúdos de Ingrid Machado

Imagem de capa do post Editoras presentes no BibliON

03 Jun 2024 • Livros

Editoras presentes no BibliON

Estou num momento de economia na compra de livros, principalmente livros físicos. E a cada dia que passa, vejo como o acervo do BibliON é muito completo e tem muitos livros que me interessam lá den...

7 minutos

Imagem de capa do post 1 ano de Clube do Livro para Introvertidos

24 Mai 2024 • Livros

1 ano de Clube do Livro para Introvertidos

Nesse mês o Clube do Livro para Introvertidos completa um ano. Para marcar esse momento, vou trazer alguns dados a respeito do clube nesse post, assim como costumo fazer com o aniversário do blog. ...

2 minutos

Imagem de capa do post Minha relação atual com a leitura

29 Abr 2024 • Livros

Minha relação atual com a leitura

Falo muito sobre deixar as redes sociais e procurar atividades offline. E nessa minha busca por viver o agora, acabei encontrando na leitura uma forma de diversão, aprendizado e distração muito mai...

6 minutos

linkedin icon
LINKEDIN
Twitter icon
TWITTER
RSS icon
RSS
Lnk.Bio icon
LNK.BIO

Ingrid Machado © 2019 - 2024

• Ingrid Machado © 2019 - 2024

• Layout por Victoria Facundes • Desenvolvido por Cristhian Rodrigues

VOLTAR AO TOPO

voltar para o topo