Ícone do LinkedIn Ícone do RSS Ícone do Lnk.Bio

31 Jul 2023 | 5 minutos • Insights

Vantagens de ter um blog

O que eu percebi nos últimos anos

Ingrid Machado

Ingrid Machado

Engenheira de computação, especialista em engenharia de software. Autora deste querido blog.

Image de capa do post Vantagens de ter um blog
Foto de Fiona Murray, via Unsplash

Nesses quase 4 anos escrevendo no blog, já consumi muito material sobre como deixar o blog mais interessante para a leitura e para o indexador do Google. Mas, uma boa parte desses materiais, falam sobre como monetizar o blog e usar como uma fonte de renda. Nada contra, mas eu acredito que ter um blog vai muito além disso.

Por isso, quero falar nesse post quais são as vantagens de ter um blog do ponto de vista do meu desenvolvimento pessoal.

É um registro do que eu já fiz e aprendi

Um dos meus objetivos com o blog é fazer um registro das coisas que fiz e aprendi na minha trajetória profissional. Por isso, acredito que eu sou a maior leitora do meu blog.

Sempre que aplico alguma coisa que funcionou com o time e quero deixar documentado, faço um post falando a respeito. No trabalho, já tenho esse costume de documentar acordos e cerimônias, mas essa é uma documentação da empresa. Por isso, o blog se mantém como uma documentação perpétua, que segue comigo independentemente do local onde estou trabalhando.

Para relembrar de algo que estudei, sempre consultei as minhas anotações, que nem sempre foram tão organizadas. Com o blog, tenho uma forma mais simples e direta para fazer essas consultas. E acredito que escrevo de uma forma descritiva o suficiente para me ajudar a lembrar o que eu aprendi, mesmo se eu consultar muito tempo depois.

Ajuda na organização do meu aprendizado contínuo

Ter como consultar o que eu já aprendi me ajuda a organizar o que eu gostaria de aprender a seguir. Com o hábito de postar toda a segunda-feira, eu criei o hábito de estar sempre estudando em paralelo. Assim, o fato de ter o blog está diretamente ligado à minha rotina de aprendizado contínuo.

Eu sempre gostei de estudar. Mas, desde quando comecei a escrever o blog com uma frequência definida, eu aprimorei a minha rotina de aprendizado de forma natural. Não é uma rotina que me desgasta e eu ainda tenho a vantagem de não ficar tanto tempo no celular (um problema que venho há um bom tempo tentando resolver).

É uma forma fácil de compartilhar conhecimento com outras pessoas

Outro objetivo do blog é conseguir compartilhar os meus aprendizados com mais pessoas além das que convivem comigo. Eu acredito que o conhecimento concentrado em uma pessoa não é muito útil. Ele só é realmente útil se for compartilhado.

Pensar que o nosso desenvolvimento passa pelo quanto conseguimos desenvolver outras pessoas é uma forma de motivar a manutenção da rotina de aprendizado contínuo. E é também uma forma de devolver para o mundo todas as oportunidades que eu recebi.

Nem todas as pessoas têm acesso aos ambientes e materiais que eu tenho, por inúmeros motivos. Eu mesma, quando não tinha esse acesso, procurei por conteúdos que poderiam me ajudar. E foi graças às pessoas que vieram antes de mim que aprendi muitas coisas que precisaria ter lido muitos livros ou trabalhado muitos anos para entender.

Sendo assim, o blog é o meu veículo para compartilhar o que eu sei de interessante com outras pessoas.

Tenho contato com pessoas que possuem os mesmos interesses que eu

Nesses últimos 4 anos já recebi alguns comentários e alguns contatos por email e LinkedIn bem interessantes. Receber feedbacks de pessoas com os mesmos interesses é muito gratificante e, ainda bem, sempre tive interações positivas relacionadas ao blog.

Acredito que o volume de acessos me ajuda a manter uma relação saudável com as pessoas que leem os meus textos. E também sempre me preocupo em deixar claro que estou compartilhando a minha visão e as minhas experiências. Nada é imposto.

Até por isso não penso em ter um Instagram do blog, por exemplo. Entendo que isso pode gerar mais acessos, mas o que vejo lá nem sempre é um relacionamento de qualidade entre as pessoas. Como prezo muito por isso, prefiro ficar aqui no meu canto, me relacionando com quem realmente está interessado no conteúdo. E se eu ficar só pensando em números vou perder isso.

Trabalho o meu hábito da escrita

Já mencionei no post sobre o quanto tento me afastar do celular. E escrever me ajuda muito a me manter longe dele. Eu ainda uso o celular diariamente, mas hoje tenho uma relação bem diferente com as redes sociais. E devo muito disso ao blog.

Eu não costumo marcar na agenda que vou escrever. Mas eu costumo reservar pelo menos um dia na semana para escrever e um dia para fazer a revisão do que eu escrevi. E, se eu estou inspirada, pode ser que eu escreva além do planejado. Isso acontece muito quando descubro algo novo que me ajudou e quero registrar.

Também não acho que tenho a melhor escrita do mundo. Mas consigo ver a evolução entre o que eu escrevia há 4 anos atrás e hoje. Com isso, entendo que ter o blog me ajuda a evoluir a habilidade da escrita e a desenvolver o meu foco.

Consigo me comunicar com pouca exposição

Um ponto muito importante desse formato é o fato de eu não precisar me expor para compartilhar o que eu acho interessante. Já me sugeriram criar um Instagram, um canal no Youtube e até mesmo um TikTok. Mas não consigo me imaginar gravando vídeos ou áudios para falar sobre o que eu compartilho aqui no blog.

Eu não tenho o talento para a câmera e nem acho que tenho conhecimento suficiente para fazer esse tipo de conteúdo com qualidade. Não que eu ache que todos que compartilham conteúdo precisam ser profissionais nos seus meios de comunicação. Mas o blog é algo prazeroso e num formato diferente poderia virar um aborrecimento.

Quando eu comecei a escrever aqui eu tinha muita vergonha de falar algumas coisas. Hoje em dia, já me sinto mais confortável para compartilhar experiências mais pessoais. E acredito que isso se deve muito ao fato de que não preciso me expor tanto para compartilhar esse tipo de informação.


Essas são algumas vantagens de se ter um blogna minha opinião. Caso você tenha vergonha de compartilhar os seus aprendizados com o mundo, acho que vale a pena ter um registro privado. Nesse caso, usar ferramentas como o Coda, Notion ou Obsidian pode te ajudar.

Espero que tenha sido útil.

Até a próxima!

O link do post foi copiado com sucesso!

Mais conteúdos de Ingrid Machado

Imagem de capa do post Experimentações nos projetos

25 Mar 2024 • Insights

Experimentações nos projetos

No momento, eu tenho 3 projetos rodando: o blog, a newsletter e o clube do livro. E se tem algo que é comum a todos eles, é que eu não esperei encontrar o formato perfeito para o lançamento e que n...

11 minutos

Imagem de capa do post Retrospectiva 2023

25 Dez 2023 • Insights

Retrospectiva 2023

Estou fazendo a retrospectiva de posts mais lidos do blog desde 2021. Essa é uma informação que me ajuda a entender quais são os assuntos mais interessantes do meu blog e fazer uma revisão do que p...

5 minutos

Imagem de capa do post 4 anos de blog

07 Ago 2023 • Insights

4 anos de blog

No dia 04 de agosto de 2019 fiz o primeiro post do blog. Inicialmente, sem imaginar que seria lida por muitas pessoas ou que me dedicaria tanto quanto agora a esse projeto. Mas 4 anos se passaram e...

1 minutos

linkedin icon
LINKEDIN
Twitter icon
TWITTER
RSS icon
RSS
Lnk.Bio icon
LNK.BIO

Ingrid Machado © 2019 - 2024

• Ingrid Machado © 2019 - 2024

• Layout por Victoria Facundes • Desenvolvido por Cristhian Rodrigues

VOLTAR AO TOPO

voltar para o topo