/ DESENVOLVIMENTO PESSOAL

As novas competências

Foto de Green Chameleon, via Unsplash

O relatório “Future of Jobs” do World Economic Forum [1] aponta que a grande adoção de tecnologia causará uma mudança na demanda de competências nos próximos 5 anos. Neste documento, foram elencadas as 10 competências mais importantes para 2025 no Brasil:

  1. Liderança e influência social
  2. Pensamento analítico e inovação
  3. Aprendizado ativo e estratégias de aprendizado
  4. Pensamento crítico e análise
  5. Design tecnológico e programação
  6. Orientação a serviços
  7. Raciocínio, resolução de problemas e ideação
  8. Gestão de pessoas
  9. Criatividade, originalidade e iniciativa
  10. Resiliência, tolerância ao stress e flexibilidade

Competências: são as características necessárias para se realizar uma determinada atividade. […] Integra as diversas dimensões humanas quando se trata de desenvolver uma atividade. [2]

Cada uma dessas competências pode ser trabalhada de inúmeras formas e você pode ter algumas muito bem definidas, assim como outras sem nenhum domínio. Levando em consideração que para trabalhar determinada competência precisamos pelo menos entender do que se trata, trago neste post a definição de cada uma. A cada competência também incluí um vídeo do TED. Cada vídeo trata a habilidade de forma direta ou indireta, em relação à competência de forma individual ou dentro de uma organização.

Nem todos os TEDs são novos, mas todos são curtos e passam uma mensagem interessante a respeito de cada competência. Além disso, incluí somente os que possuem legenda em português. Mesmo que você não pretenda trabalhar todas essas competências até 2025, acredito que vale a pena conhecer essas histórias e seguir as dicas dos palestrantes.

Liderança e influência social

Competência necessária em trabalhos onde é preciso ter a disposição para liderar, assumir o comando, oferecer opiniões e direção.

O que é preciso para ser um grande líder - Roselinde Torres:


Pensamento analítico e inovação

Competência necessária em trabalhos onde é preciso analisar informações e usar a lógica para endereçar questões e problemas. Além disso, inclui a criatividade e o pensar fora da caixa para desenvolver novas ideias e respostas para os problemas.

Quer inovar? Então se torne um “agorista” – Joi Ito:


Aprendizado ativo e estratégias de aprendizado

Competência que envolve entender as implicações de novas informações para a resolução de problemas e a tomada de decisão. Envolve selecionar e usar treinamentos, métodos instrutivos e procedimentos apropriados para a situação, seja aprendendo ou ensinando novas coisas.

O poder de acreditar que você pode melhorar- Carol Dweck:


Pensamento crítico e análise

Competência que inclui usar lógica e raciocínio para identificar os pontos fortes e os pontos fracos dentre as alternativas de soluções, conclusões e abordagens para os problemas. Compreende também a capacidade de avaliar o próprio desempenho, bem como o de outros indivíduos e organizações, para fazer melhorias ou tomar ações corretivas.

5 dicas para melhorar o seu pensamento crítico – Samantha Agoos:


Design tecnológico e programação

Competência que envolve escrever programas de computador para vários propósitos, além de criar ou adaptar equipamentos e tecnologia para servir às necessidades do usuário.

O curso de computação auto-organizado – Shimon Schocken:


Orientação a serviços

Competência de quem procura ativamente formas de ajudar as pessoas, bem como fazê-las sentirem-se atendidas e bem vindas.

Como marketplaces online podem ajudar economias locais, ao invés de prejudicar – Amane Dannouni:


Raciocínio, resolução de problemas e ideação

Habilidades que influenciam na aplicação e manipulação de informação na resolução de problemas. Influenciam na solução de problemas envolvendo relações matemáticas.

Resolução criativa de problemas em face de limites extremos – Navi Radjou:


Gestão de pessoas

Competência de quem é capaz de motivar, desenvolver e direcionar pessoas enquanto trabalham, identificando as melhoras pessoas para a função.

5 maneiras de liderar na era de mudança constante – Jim Hemerling:


Criatividade, originalidade e iniciativa

Habilidade que requer uma disposição para assumir responsabilidades e aceitar desafios.

Como construir a sua confiança criativa – David Kelley:


Resiliência, tolerância ao stress e flexibilidade

Competência necessária para estar aberto às mudanças (positivas ou negativas); manter a calma, manter as emoções sob controle, controlar a raiva e evitar comportamento agressivo, mesmo em situações extremamente difíceis; aceitar criticismo e lidar de forma calma e efetiva com situações altamente estressantes.

Envolve maturidade, equilíbrio, flexibilidade e autocontrole para lidar com pressão, stress, criticismo, imprevistos, problemas pessoais e problemas relacionados com o trabalho.

Como quebrar maus hábitos de gestão antes que atinjam a próxima geração de líderes – Elizabeth Lyle:


Cada uma das competências pode ser aberta em vários posts, mas inicialmente quero somente listar as existentes para que tenhas o panorama geral do que é esperado no profissional do futuro. Pode ser que desenvolva outros materiais a respeito das competências que eu preciso trabalhar e espero entender melhor quais são o mais rápido possível.

Caso tenhas algum material para compartilhar a respeito das competências ou algum comentário, fique à vontade para iniciar uma discussão na caixa de comentários, que está sempre aberta.

Até a próxima!


  1. Future of Jobs Report - World Economic Forum ↩︎

  2. Competências - Wikipédia↩︎

ingridmachado

Ingrid Machado

Engenheira de computação, especialista em engenharia de software.
Autora deste querido blog.

Mais posts