/ ORGANIZAÇÃO

Organizando a Rotina

Foto de noor Younis, via Unsplash

Eu sempre quis ter um planner, inclusive já tive em duas ocasiões. Na primeira, comprei um fichário A5, imprimi e cortei todas as folhas e usei por pouco mais de uma semana. Achando que não usei corretamente por todo o trabalho que tive, tentei no ano seguinte com um planner pronto e mesmo assim tive o mesmo resultado. A única ferramenta de organização que consigo usar continuamente é a agenda do Google. Apesar de gostar de materiais de papelaria e eu mesma saber fazer cadernos artesanais, sigo organizando tudo de forma eletrônica, somente com o apoio dos cadernos para rascunho. Ou seja, um talento desperdiçado.

Como mencionado no post Ausência, estou lendo o livro O Poder do Quando e nele o autor apresenta um teste para descobrir o cronotipo, que basicamente é o que define a tua rotina ideal de sono, descanso e alerta no período de 24 horas. Ao fazer o teste, me encaixei no cronotipo do urso e, lendo a sua descrição, achei bem pertinente com a minha realidade. A rotina sugerida é bem próxima da rotina de um dia em que me sinto bem disposta, o que eu já vejo como algo que vale a pena tentar. A descrição do cronotipo é acompanhada de uma sugestão de rotina que pode e deve ser adaptada à realidade de cada um. Ela inclui desde os melhores horários para dormir e acordar até o melhor horário para fazer uma pausa na metade do dia ou para se exercitar.

A primeira impressão que tive ao tentar organizar a minha rotina dentro do cronograma sugerido é que tento fazer coisas demais ao mesmo tempo. Então, organizei a rotina encaixando as diversas atividades dentro das sugestões do livro. E essa organização já meu deu a impressão de que o primeiro desafio seria focar nas atividades, fazendo uma coisa de cada vez e dentro do horário estipulado. Obviamente é algo que eu me dispus a tentar dentro do possível, já que é inevitável que em alguns dias eu não consiga fazer tudo ou simplesmente decida que não vou fazer.

Inicialmente, fiz um rascunho no papel e a ideia inicial seria deixar esse papel colado na geladeira ou na parede ao lado do notebook, mas notei que em muitos momentos seria bom ter algum alarme ou notificação. Então começou a saga para procurar APPs que me ajudassem a organizar uma rotina com diversas atividades, que pra falar a verdade nem foi tão demorado assim pra encontrar. Dentro do curso de hábitos que estou fazendo existe uma página de sugestões de alunos e foi lá que eu encontrei o TimeTune. Nele é possível criar uma rotina e dentro dela organizar como deve ser cada dia. Achei muito fácil de configurar, já que é possível preencher um dia e copiar essa configuração para os outros. Então eu basicamente configurei a segunda-feira (repliquei de terça a sexta) e configurei o sábado (repliquei para o domingo).

Tela inicial com a rotina e tela com um dia de exemplo

Tela inicial com a rotina e tela com um dia de exemplo

Depois que a rotina está configurada ela pode ser ativada e, a partir desse momento, o APP notifica o início de cada atividade cadastrada nos dias da rotina. A notificação é configurada para cada atividade, então você não precisa colocar um alarme avisando que tá na hora de fazer uma atividade física, mas talvez ache interessante uma notificação avisando que está na hora de fazer uma pausa durante o dia de trabalho. Além das notificações, uma rotina configurada também permite consultar quantas horas cada atividade ocupa na sua rotina semanal.

Telas com edição de atividades e as estatísticas da rotina

Telas com edição de atividades e as estatísticas da rotina

Para os prints eu cortei a publicidade, mas estou usando a versão free e ela fica sendo exibida o tempo inteiro na barra inferior. Na minha opinião, essa posição não atrapalha em nada no uso do APP. A versão paga custa R$19,99 e vou acabar comprando, já que tenho usado muito. Gostaria de informar que no momento da postagem virei a feliz proprietária de um APP.

Usei o TimeTune para me organizar no desafio dos 21 dias e me ajudou muito a manter a rotina com a meditação e a escrita. Por incrível que pareça, realmente faz diferença tomar um chimarrão (ou café, para quem gosta) todos os dias às 10h para dar um boost no meu rendimento (lembrando que isso é pro meu cronotipo). E quando eu não sigo a rotina noto o cansaço e a falta de foco no meu dia. Então considero que a dupla descobrir cronotipo + TimeTune fez a diferença no meu dia a dia. Mas também sigo usando a agenda do Google em paralelo, já que nela ficam os meus compromissos que não fazem parte da minha rotina.

Espero não estar maçante esse tanto de post falando de organização, mas, como a minha vida anda meio bagunçada, estou tentando de tudo para voltar aos trilhos. E também gosto muito de ter as minhas coisas planejadas e organizadas. Então, considero toda a tentativa válida.

E você, tem alguma ferramenta para te ajudar no dia a dia?